31 outubro 2015

Resenha da leitora Susana Silva

Entrei no Facebook agora a noite e tive uma grata surpresa, a leitora Susana Silva, fez uma resenha linda de Amor Infinito.
Susana foi minha beta durante o processo de conclusão do livro e ver suas palavras emocionadas depois do livro editado, só aumentam minha certeza de que estou no caminho certo.
Confira abaixo a resenha, que será postada na íntegra, pois Susana não tem blog e a resenha foi postada em seu Facebook pessoal.


Autor : JM Alvarez
Livro : Amor Infinito
(Fui uma das leitoras betas do livro, e, quando li o livro físico até fiquei admirada, o autor colocou-me nos agradecimentos, obrigada...)
É uma história de amor passada em várias épocas uma das quais no ano de 2327.
Adorei a descrição da personagem Yara no inicio do primeiro capitulo, uma bióloga e a de Felipe, que era expert em TI, até me apeteceu entrar no livro só para o conhecer (Felipe é uma das minhas personagens favoritas, lamento que tenha aparecido pouco, é um rapaz cheio de ideias inovadoras, como demonstrou ao longo dos primeiros capítulos. Espero que o autor escreva um livro acerca da vida dele e que eu seja BETA kkkkk).
Não tem problemas em descrever cenas de sexo com descrições deliciosas : "Nossa, esqueci que neste ambiente sem gravidade não podemos fazer movimentos bruscos." (Uma nota para o autor, sou pela fidelidade, como o Felipe).
Yara e Felipe estão reclusos faz meses numa estação no espaço. Eles descobrem um pingente misterioso que Felipe observa melhor, chegando à conclusão que é um pen drive "- Posso ficar com ele?". Felipe cria um equipamento para poderem aceder aos dados daquela pen, gravada por um tal de Germano. Não vou contar mais para não dar spoiler, mas a maneira como esta busca pelos dados da pen foi introduzida por JM Alvarez foi bem original. Durante a narrativa, dá-nos a conhecer Sharon, que tem uma voz sensual, mas eu não vou dizer quem é para não perder a graça.
O autor é malicioso e acho bem "... tateando bem cada detalhe e agradeceu ao destino, pois seu tamanho era bem maior do que imaginara.".
Simpatizei muito com um personagem que o autor nos apresentou no capitulo 2, com mais ênfase no 3.
Nota-se pelas descrições das cenas de amor que o autor é sensível e que ama ou já amou profundamente, descreve muito bem os sentimentos, os pensamentos.
No ano de 2060, Germano conheceu uma pessoa especial, Bárbara (com a misteriosa Bárbara, sentia algo diferente do normal), mas amava sua namorada, Elisabeth (gostei da sua descrição feita por etapas), tinha sido amor à primeira vista "Só de ouvir aquela voz, me apaixonara por sua dona..." (gostei do seu primeiro encontro com ela, tem humor, coisa que eu valorizo muito).
Elisabeth teve a sua quota parte de infortúnios, através da figura materna que ela teve, o autor mostra ao leitor os sacrifícios de que uma mãe é capaz de fazer para educar seus filhos.
Gostei muito do capitulo 6 e da situação caricata entre Germano e Isaura. Um dos meus capítulos favoritos foi o 8, só por causa da D. Isaura.
O capitulo 10 foi o que menos gostei, ainda bem que na página 74 e 77 apareceram algumas cenas de humor, estava a ficar monótono, senti falta de algumas interrupções para quebrar a monotonia, estava a ser muito longo. Ainda bem que o autor resolveu "falar" num livro que eu adorei "Entre o céu e o inferno" de Simone Pesci. O final do capitulo melhorou, continuando no capitulo 12 (deu-me vontade de ir ajudar a personagem que estava em apuros, um dos meus favoritos).
Durante a narrativa, o autor mostra a diferença entre o antigo e o moderno, saltando para o passado e para o presente. Salta muito entre os anos 2327 e 2060.
O personagem mais cativante do livro é Isaura, mãe de Germano. Adorei-a. "E ela ainda se acha uma mulher jovem e apetitosa, como ela mesma me diz."
Nas páginas 165 e 166, o autor menciona um poema muito bonito de uma portuguesa como eu, Fátima Porto, "Mistério".
Da página 173 à 179, a principio pensei que era um sonho que Germano estava a ter, depois achei que era real, e fui mudando de ideias no decorrer da narrativa. Só no capitulo 23 é que o autor nos desvenda se aquilo aconteceu ou não (pelo menos, eu fiquei na duvida até ai).
No inicio do capitulo 25, Yara pensou o mesmo que eu.
Na página 213 acontece uma coisa extraordinária, não estava à espera. Gostei bem desta parte da história (ano de 1870), a maneira como foi introduzida pelo autor foi bem interessante e as descrições muito boas "... ela permaneceu por longos segundos com os olhos fechados, como se saboreasse cada nova sensação, ao repassar pelo pensamento cada novo estímulo sentido..."
Da página 288 à 290 vieram-me lágrimas aos olhos, têm de ler para saber o porquê.
Alguns trechos do livro:
1 - "Depois olhou para Felipe, deu-lhe uma piscadela de cumplicidade, que foi quase imperceptível para Yara, de tão vidrada que estava pelo que via à sua frente."
2 - "Só não sabia que você já tinha provado todos os outros para ter certeza de que sou o mais gostoso do mundo..."
3 - "Eu não sou passageira, mas estou sempre no ponto."
4 - "Parecia loucura, mas aquelas duas mulheres estavam habitando meu coração e pensamentos o tempo todo."




15 outubro 2015




ÚLTIMO DIA DA PROMOÇÃO!!!



Pessoal, hoje é o ultimo dia da promoção para concorrer ao sorteio dos 10 Kits Amor Infinito, que passa para o dia 15/10/15.

Se você ainda não comprou o livro, compre hoje sem falta! Se você já comprou mais ainda não postou a foto dele no Facebook me marcando, não deixe de fazê-lo com urgência. O sorteio será realizado no dia 20/10/15, com todas as imagens postadas no Facebook até as 17h daquele dia..
Portanto, se você ainda não comprou o livro, compre já e participe do sorteio.

Você pode comprá-lo diretamente no site da editora Tribo Das Letras ou pelo Mercado Livre, onde será possível pagar parcelado no cartão de crédito e receber o livro autografado, com dedicatória e mais três lindos marcadores.
Todos os livros comprados desde a pré-venda, e até 15/10/15, inclusive durante as Bienais do Rio e de Recife, estarão concorrendo a dez Kits Amor Infinito, conforme a imagem anexa.
Para concorrer basta tirar uma foto com o livro em destaque e postá-la no meu perfil ou no seu, desde que me marque na mesma.
O Sorteio será realizado dia 20/10/15 e os resultados publicados no perfil e na minha fanpage.
Adquira o seu exemplar hoje mesmo na lojinha do meu blog, onde vocês encontram os links das opções de compra.

www.jmalvarezescritor.com



11 outubro 2015


PROMOÇÃO IMPERDÍVEL - BIENAL DO LIVRO DE RECIFE!


Hoje e amanhã são os últimos dias. Aproveite!



Na compra do livro AMOR INFINITO, mais dois outros livros da editora Tribo Das Letras, ganhe um lindo pen drive promocional Amor Infinito.
Promoção válida para compras no estande da editora Tribo das Letras na Bienal do Livro de Recife. Rua 4, estande 59.
Promoção válida até o término do estoque de pen drives.

10 outubro 2015

Resenha Amor Infinito, por Simone Pesci

Boa tarde amigos leitores!
O blog esteve desatualizado ( já falei isso antes, rs) mas a partir de agora ele voltará ao normal com postagens mais frequentes.
Como sabem participei da Bienal do Rio e também da Bienal de Pernambuco, logo mais trarei fotos dos 2 eventos e mais novidades que tenho para contar! E elas são muitas, rs.
Bom, mas vamos deixar de enrolação certo?
Hoje quero divulgar uma resenha linda, que a amiga blogueira e também escritora Simone Pesci fez do livro Amor Infinito.







Uma grata e maravilhosa surpresa! 
Diferente de tudo o que estou acostumada a ler, deparei-me com um enredo onde o amor transcende o tempo, e, por sinal, é narrado em três épocas distintas, sendo estas: o ano de 1870, o ano de 2060 e também o ano de 2327.

A história começa em 2327, com Yara e Felipe, que são dois tripulantes no espaço, sedentos de desejos. Com cenas quentes, adornadas pela gravidade, conhecemos o início de uma relação. Tal qual neste universo nada paralelo, depois de um tórrido deleite de amor, Felipe fica instigado com um pingente em formato de coração que Yara carrega consigo. Eis que o moçoilo pede para que ela empreste este pingente, para que desta forma ele faça uma pesquisa  e mesmo a contragosto, pois essa é uma joia que ela herdou da família, resolve entregá-lo a fim de descobrir sua origem. Aliás, no plano espacial, Felipe é um dos melhores e mais eficientes pesquisadores. Assim, ele descobre que o pingente é nada mais que um pen drive, onde o mesmo carrega a história de vidas passadas de Yara.



Leia a resenha na íntegra clicando no link: Resenha Amor Infinito, por Simone Pesci





09 outubro 2015

Festival de Literatura





Festival de Literatura - Autores Nacionais Contemporâneos

Conheça os (as) 34 escritores (as) que participarão dos bate-papos - Trilha sonora: Glen Miller - Moonlight Serenade