29 abril 2017

OS HARD BOYS - Coleção Jovem



As décadas de 70 e 80 foram pródigas por nos oferecerem nas bancas de jornais uma série de coleções de livros clássicos e de best sellers da literatura mundial contemporânea. 

Eu era adolescente e ficava maravilhado quando chegava na banca de jornais e encontrava tantos títulos expostos. Numa próxima matéria eu falarei mais detalhadamente sobre essas coleções.

Hoje quero falar sobre um lançamento da Abril Cultural (editora Abril), no ano de 1972. Nesse ano chegou as bancas uma nova coleção, destinada ao público jovem, e que logo fez um grande sucesso. Era a Coleção Jovem, trazendo as aventuras dos Hardy Boys Detetives.


Ela contava as aventuras dos irmãos Frank e Joe Hardy, sempre metidos em alguma encrenca, levados por seu espírito detetivesco, talvez influenciados por seu pai, o famoso detetive Felton Hardy.

As histórias eram cheias de ação e os jovens detetives, apesar dos enormes perigos, sempre terminavam sãos e salvos, ajudando a fazer justiça.

Um dos pontos fortes da coleção eram as ilustrações das páginas internas, feitas pelo grande desenhista Nico Rosso, muito conhecido à época pelas histórias do vampiro Drácula, que desenhava para a editora Taika.


Curiosamente os personagens foram criados em 1926 e passaram por diversas fases até deixarem de ser publicados no inicio dos anos 2000. Todos os seus livros foram escritos por dezenas de escritores fantasmas, que usavam um único pseudônimo, Franklin W. Dixon.

Os exemplares desta coleção são um tanto raros, mas ainda podem ser achados nos sites Mercado Livre ou Estante Virtual.

Fonte: Meus exemplares/fotos e a Wikipédia: https://pt.wikipedia.org/wiki/The_Hardy_Boys

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário